O que é terapia fotodinâmica?

terapia fotodinamica

Os lasers LED e LIP têm sido amplamente utilizados em diversas aplicações na Dermatologia, sobretudo no tratamento de lesões pré-câncer. Esse é um tratamento aprovado pelo Food and Drug Administration, uma agência federal que regula serviços de saúde nos Estados Unidos. 

Se você quer saber mais sobre a terapia fotodinâmica e todas as suas aplicações na Dermatologia Oncológica e outras áreas, não deixe de acompanhar este artigo até o final. Nele, falaremos sobre as vantagens dessa técnica, quando ela é mais recomendada e quais são os resultados que podem ser esperados após o tratamento. Boa leitura!

O que é terapia fotodinâmica?

Também chamada de PDT – que, em inglês, significa Photodynamic Therapy –, a terapia fotodinâmica é uma sofisticada técnica de tratamento que utiliza a ativação de luz e o uso de substâncias fotossensibilizadoras para tratar diversas condições oncológicas na pele, doença de Bowen, carcinoma e mais. 

A combinação do uso de cremes fotossensíveis com a luz direcionada ao foco do problema ajuda a fazer com que a terapia fotodinâmica seja uma técnica muito precisa, diminuindo o seu grau de invasão e agindo exatamente no foco do problema. Isso também contribui para que a recuperação seja mais rápida e menos dolorida para o paciente. 

Esse tipo de terapia também apresenta ótimos resultados na atuação sobre infecções, já que tem propriedades anti-inflamatórias e pode reduzir a concentração de bactérias, vírus e fungos no geral. 

Como age a terapia fotodinâmica?

A terapia fotodinâmica age de duas formas: o tratamento tem o efeito de preservar as células saudáveis da região corporal e, ao mesmo tempo, agir para eliminar as células cancerígenas. 

Por não agredir as células “boas” no corpo, esse tipo de terapia tem ganhado muito espaço no tratamento dermatológico de pessoas com carcinomas e queratoses, por exemplo.

Na primeira etapa, o creme fotossensível é aplicado no paciente, que pode ter lesões pré-malignas ou malignas de natureza superficial. Depois de cerca de 3 horas, a luz de LED é aplicada por meio de uma lâmpada específica por em torno de 10 minutos.

O creme fotossensível é colocado no corpo, e a luz é focada diretamente na redução, fazendo com que as substâncias do creme sejam ativadas e que haja a destruição das células causadoras do câncer no paciente.

Um efeito colateral que pode ser sentido durante a terapia fotodinâmica é a dor. Por conta disso, em alguns casos, é aplicada uma anestesia local.

Qual a vantagem da terapia fotodinâmica?

Mulher observando o resultado terapia fotodinâmica dermatologia

Uma das maiores vantagens do uso da terapia fotodinâmica é, sem dúvidas, a redução no tempo de recuperação, diminuindo os efeitos colaterais pós-tratamento. 

Além disso, a terapia fotodinâmica é um processo minimamente invasivo, ideal para tratar condições como carcinoma basocelular e lesões pré-malignas, desde que estas sejam superficiais.

Outra grande vantagem desse tratamento é o seu efeito cosmético. Por se tratar de uma aplicação extremamente precisa, a terapia fotodinâmica deixa cicatrizes mínimas ou, até mesmo, inexistentes. 

Quando é recomendado fazer a terapia fotodinâmica?

Esse é um tratamento muito comum da Dermatologia Oncológica, usado para tratar carcinomas, basocelulares superficiais e ceratoses. Mas o tratamento também tem outras aplicações. 

A acne, por exemplo, pode ser tratada pela terapia fotodinâmica, sobretudo o tipo inflamatório da doença. O laser pode penetrar nas inflamações e melhorar em até 60% o aspecto da pele, além de tratar o desconforto que as espinhas provocam. 

Pacientes com rosácea também notam melhora no aspecto da pele após algumas sessões do tratamento. Em todos os casos, é importante que a aplicação da luz seja feita em um cronograma bem planejado por profissionais preparados.

É importante frisar que a técnica não pode ser usada no tratamento de pintas, já que elas são um tipo de lesão que pode se desenvolver como melanoma.

Veja também: Existe tratamento a laser para olheira?

Como a pele fica após a terapia fotodinâmica?

Após uma sessão, a pele pode apresentar vermelhidão, causada pela dilatação dos vasos na região, inchaço e, em alguns casos, bolhas. Esses sintomas, entretanto, são completamente normais e se resolvem sozinhos em uma semana ou menos. 

Dermatologia Oncológica ou Cosmética é na DermaSEr!

Se você procura por uma clínica de confiança para realizar procedimentos dermatológicos, a DermaSEr pode te ajudar! Nós somos especializados no cuidado com a pele, aplicando tecnologia e muita técnica para garantir os melhores resultados para os nossos clientes. Visite nosso site e marque uma avaliação para terapia fotodinâmica

Conheça também: Remoção de tatuagem a laser | Dermatólogo tricólogo | Subcisão para Celulite

Contato

Nossa clínica de Dermatologia está localizada próximo à Av. Paulista.

Clínica de remoção de tatuagem

(11) 3885-9020 | (11) 3171-1901
(11) 99995-4200
[email protected]
Rua Manuel da Nobrega, 354 - 10º andar - São Paulo - SP.
Segunda a Sexta-feira 8h:30 às 20:00
Sábados 9h às 12h:30

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba conteúdos e novidades:

    ×