Saiba o que é peeling, os principais tipos e seus benefícios

o que é peeling?

Você sabe o que é peeling? Muito provavelmente, já ouviu falar sobre esse procedimento inovador e cheio de vantagens, mas ainda não sabe exatamente como funciona.

Leia o post, para saber quais são os tipos de peeling e as principais vantagens de fazer o procedimento!

O que é peeling e para que serve?

Peeling é um procedimento estético, que visa renovar as células para uma pele mais bonita e sedosa. A palavra, em inglês, significa “descamar” e é exatamente isso que o peeling faz ao retirar as camadas danificadas da pele e dar lugar ao crescimento de camadas melhores.

Com isso, é possível remover linhas de expressão, rugas, manchas, cicatrizes de acne e propiciar muitos outros benefícios. Com tantas vantagens, já fica claro que o peeling é um tratamento um pouco complexo e que não é feito apenas à base de cremes, não é?

Pois então, o peeling químico, só pode ser aplicado por um profissional especializado da área da saúde, que pode ser um fisioterapeuta dermatofuncional, um cirurgião plástico ou até um dermatologista. Esse cuidado obrigatório é para que o paciente tenha muito mais segurança durante a aplicação do procedimento.

Quais são os tipos de peeling? 

Agora que você já sabe o que é peeling, confira os 3 principais tipos e suas características:

Peeling químico superficial

Nesse tipo de peeling, há uma aplicação de agentes químicos que visam remover as camadas mais superficiais da pele. 

Depois da aplicação, a pele se regenera com facilidade, e o paciente percebe uma melhoria considerável, com o clareamento das manchas, a redução das rugas superficiais e a remoção de marcas mais leves.

Peeling químico médio

Já na versão intermediária do peeling são utilizados ácidos um pouco mais intensos, que removem não apenas as camadas superficiais da pele, como também a camada média. 

A aplicação segue o mesmo procedimento da anterior e promove um rápido crescimento de novas camadas de cutis. O tratamento do peeling médio é excelente para tratar rugas mais profundas e as acnes.

Peeling químico profundo

Por fim, o peeling profundo é o mais indicado para problemas de pele mais graves, como quando acontece um acidente, quando as acnes estão em excesso ou quando a pele está muito danificada pelo sol.

É feito com a aplicação de agentes químicos, que removem as camadas mais profundas da pele, até um nível interno. Aqui, a regeneração é um pouco mais demorada, mas os resultados são ainda mais expressivos.

Quais os benefícios do peeling 

A maioria dos benefícios do peeling – redução de marcas, manchas, espinhas, cravos, rugas, cicatrizes etc. – você já deve ter reconhecido ao ler este post. 

Porém, um dos principais benefícios do peeling químico é que, além de propiciar resultados logo na primeira sessão, também aumenta a produção de colágeno na pele.

Isso faz com que os resultados durem mais tempo e permite que o corpo restaure ainda mais a pele, mesmo após a conclusão do procedimento.

Essa ação prolongada também é demonstrada de forma preventiva. O peeling previne o aparecimento de cravos e espinhas, sendo uma excelente opção para quem sofre com esse problema. A prevenção ocorre ao reduzir a oleosidade da pele por meio dos agentes químicos aplicados.

Se você se interessou pelo peeling químico, continue no site e agende uma consulta com a DermaSEr!

Contato

Nossa clínica de Dermatologia está localizada próximo à Av. Paulista.

Clínica de remoção de tatuagem

(11) 3885-9020 | (11) 3171-1901
(11) 99995-4200
[email protected]
Rua Manuel da Nobrega, 354 - 10º andar - São Paulo - SP.
Segunda a Sexta-feira 8h:30 às 20:00
Sábados 9h às 12h:30

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba conteúdos e novidades:

    ×